Quiche de abóbora e queijo e um poema...


As Palavras Interditas

Os navios existem e existe o teu rosto
encostado ao rosto dos navios.
Sem nenhum destino flutuam nas cidades,
partem no vento, regressam nos rios.


Na areia branca, onde o tempo começa,
uma criança passa de costas para o mar.
Anoitece. Não há dúvida, anoitece.
É preciso partir, é preciso ficar.


Os hospitais cobrem-se de cinza.
Ondas de sombra quebram nas esquinas.
Amo-te... E abrem-se janelas
mostrando a brancura das cortinas.


As palavras que te envio são interditas
até, meu amor, pelo halo das searas;
se alguma regressasse, nem já reconhecia
o teu nome nas minhas curvas claras.


Dói-me esta água, este ar que se respira,
dói-me esta solidão de pedra escura,
e estas mãos noturnas onde aperto
os meus dias quebrados na cintura.


E a noite cresce apaixonadamente.
Nas suas margens vivas, desenhadas,
cada homem tem apenas para dar
um horizonte de cidades bombardeadas.


Eugénio de Andrade


Quiche de abóbera e queijo
ingredientes:
  • uma base de massa folhada
  • 500g de abóbera;
  • 100g de queijo creme (utilizei philadelphia)
  • 1 raminho de salsa picada (utilizei coentros)
  • 80g de parmesão ralado
  • 4 ovos
  • 1 dl de nata
  • q.b. sal
  • q.b. pimenta
Preparação

  1. Untar o fundo e os lados de uma tarteira e polvilhar com farinha
  2. colocar a massa folhada a forrar uma tarteira e picar muito bem com um garfo
  3. partir a abóbora em quartos e cozer em água abundante
  4. retirara a abóbora da ága e deixar escorrer muito bem, deixando secar um pouco
  5. triturar a abóbera com o queijo e tempere com o sal e pimenta
  6. envolver com os coentros, o queijo parmesão, os ovos e as natas
  7. verter o preparado na tarteira e levar ao forno a 180ºC, por 1/2 hora

fonte: Mulher Moderna na Cozinha (Especial Tartes & Quiches)

21 comentários:

  1. Gosto imenso de quiches e esta ficou muito bonita. Abóbora e queijo fazem uma combinação maravilhosa! Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficou mesmo bastante agradável
      Boa semana:)

      Eliminar
  2. TENHO ESSA REVISTA E TRAZ RECEITAS DELICIOSAS.
    ESSA QUICHE FICOU LINDA UMA VERDADEIRA DELICIA.
    BOM DOMINGO
    BJS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois~é, São, o dificil é mesmo escolher.
      Boa semana
      :)

      Eliminar
  3. Olá, Mané!Esta quiche parece deliciosa, com a combinação queijo e abóbora. O poema é lindíssimo, muito bem declamado pela Margarida Carvalho, obrigado por partilhares este momento belo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada Lina, tu também fazes o mesmo. è assim, com as partilhas, que vamos crescendo.
      Uma boa semana
      :)

      Eliminar
  4. Olá Mané, a tua quiche tem um aspeto muito delicioso. Quando aqui cheguei pensava que era doce,mas enganei-me! Ela ficou deliciosa da mesma maneira, ou até mais :) Parabens.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah Ah Ah
      Enganei-te!!
      Mas...verás que é bem deleciosa, se decidires fazer a receita.
      Boa semana

      Eliminar
  5. Obrigado por partilhares este poema :) A tarte afinal é salgada, pensei que era doce. Mas está um encanto.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estás como a Susana?! (tb ela pensava que era doce ih ih ih)
      Brijinho de boa semana
      :)

      Eliminar
  6. Esta quiche insere-se inteiramente nos meus gostos. Lembro-me de no receitasaodesafio ter publicado uma quiche de abóbora com atum que ficou deliciosa. Combinações maravilhosas as nossas. A cozinha é uma aventura e eu adoro arriscar.
    Quanto a Eugénio de Andrade, só posso dizer que é um dos meus poetas favoritos.
    Um abraço e boa semana.
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que lá ir dar uma espreitadela, não me recordo de ter visto a tua quiche e essa combonação tambem me parace muito boa.
      A cozinha é uma descoberta onde gosto de arriscar,a familia e os meus amigos são excelentes cobaias:).
      Ainda bem que gostaste do poema, por vezes é importante deliciar os ouvidos.
      Um abraço também e uma semana excelente.
      Bjs

      Eliminar
  7. Adoro quiche, pois acho muito prático e as variações são infinitas!
    Adorei a receita e a poesia.
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Leia
      Fico contente que tenhas gostado, da receita e da poesia. Sim as quiches são uma óptima solução qdo se quer ter algo salgado numa festa e não só.
      Uma semana excelente para ti
      :)

      Eliminar
  8. Mané,
    Este post está um primor, tanto pelo poema, como pela receita como pela belíssima foto de hoje. Tudo me faz crescer ágau na boca.

    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  9. Adorei tudo, lindo poema e uma deliciosa quiche!

    Bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário:)
Se só pode optar pelo perfil "anónimo" por favor assine.
Obrigada
:):)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...