o chouriço de carne de Tremês

Um saco de plástico branco, opaco, é colocado no espaço que medeia as nossas duas cadeiras e um tímido sorriso,  em jeito de pedido de desculpas,  chegou até mim. Sorri, e tentei seguir o que estava a ser dito pelo professor, na sala….

Ao tentar encontrar um lápis no estojo, a Eunice volta a sorrir e aponta para o nariz referindo o odor que sai, teimosamente, do saco…retribuo o sorriso e continuo a ouvir o que cada um refere, quando interpelado pelo professor…
Já no fim, quando íamos para o café, a Eunice esclarece:
- Isto é para ti, fui a Tremês. Desculpa cheira um bocado…..
A Eunice já me tinha falado do seu talho de eleição, era lá que comprava toda a carne e que o chouricinho era uma autêntica delícia. Estava longe de imaginar que me ia oferecer um, mas ela gosta de mimar os amigos.
Cheguei a casa e anunciei:
- Ofereceram-me um chouriço!  -  desembrulhei… tirei um saco, outro e ainda outro, depois, envolto num papel, apareceu o famoso chouriço que perfumou a sala toda…

Pensei, de imediato, o que fazer e, a este Junho onde o Verão continua a rondar com timidez, resolvi dar-lhe uma entrada apelativa:
"Ingredientes”:
  • 1 Chouriço (de Tremês);
  • 1 assadeira de barro;
  • Álcool
  • Fósforo

Preparação:
Coloca-se o álcool dentro da assadeira, o chouriço por cima e larga-se o fogo…
depois….depois é ficar a ver a chama a dourar, o lume a brincar à volta da carne, a espevitar, cada vez que a gordura o atiça, fazendo o cheirinho  invadir o ambiente….


3 comentários:

  1. Só faltou um pãozinho com vinagrete rsrsrs

    abraço
    Daniel Deywes
    http://feitonahora.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Olá Daniel
    Boa sugestão vou já buscar :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Mané,
    este chouriço assim assado uma delícia! :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário:)
Se só pode optar pelo perfil "anónimo" por favor assine.
Obrigada
:):)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...